Mensagem do irmão Fernando Pires 16/02/2016

Mensagem do irmão Fernando Pires no dia 16 de fevereiro de 2016

Bom dia a todos

Meus irmãos, estamos todos aqui reunidos neste Lugar Sagrado, Corgo da Igreja, para celebrarmos  os dezassete anos das aparições. Irmãos, são muitas as aparições da Nossa Mãe do Céu no mundo e inúmeras as invocações e títulos, mas a nossa Mãe Maria é uma só senhora, a Mãe de Jesus Cristo, e nossa Mãe, que acompanhou e acompanha os seus filhos em todos os lugares das aparições, e nos ensina como buscar a unidade na Fé e no amor em Cristo. Por isso, irmãos Ela não tem problemas em manifestar-se aos homens em lugares diferentes e em cores de pele diferentes. Também não tem receio de falar-nos em distintas línguas.

         O nosso amor à nossa Mãe, Maria Santíssima é muito mais do que uma devoção sentimental; é antes, a contemplação da beleza do Amor Misericordioso de Deus por nós, pela humanidade dispersa que Ele quer reunir, é  a contemplação do amor de Deus à Igreja com os fiéis do Senhor . Nós amamo-la como corredentora  do Senhor de quem Ela é Mãe Amorosa; e pela beleza da vida em Cristo de quem ela foi a primeira  e perfeita discípula.

         Vós, certamente notaste que  no dia 7 de fevereiro, eu tive uma conversa com a nossa Mãe do Céu. Nesse dia, Ela estava muito triste, por nós não fazermos caso das mensagens. Ela quer que apreendamos estas suas mensagens, que as vivamos,  que   sejamos portadores da Sua Paz e que rezemos pela paz no mundo.

A nossa Mãe da Bondade, recomenda-nos que primeiro rezemos  para alcançar paz para os nossos corações, para as nossas famílias e para os  nossos grupos de oração. Depois,  com essa paz  em nós, peçamos paz para todo o mundo. Ela também me pediu que tivéssemos uma Fé firme, e nos convertêssemos.   A Paz entre as nações, deverá ser alcançada através da oração, do jejum, da confissão, e da leitura da Bíblia Sagrada. Este é o único remédio capaz de salvar o homem prisioneiro de preocupações e medos gerados por uma civilização materialista.

         De facto, irmãos, hoje, vivemos num mundo ferido nos mais variados aspetos da vida pessoal, familiar, social, um mundo   cínico no estilo de vida, centrado no bem estar individual, na indiferença, na competitividade e na violência. E este nosso mundo ferido e cínico tem necessidade de uma cura de misericórdia. Se nós ,irmãos não procurarmos na misericórdia  e na compaixão, moldar o nosso caráter,  formando-nos  cidadãos diferentes e responsáveis, a nossa mansidão e indiferença, tornar-nos-á vítimas do cinismo mais frio, calculista e cruel.

         Meus irmãos, temos que agradecer a Deus, as Graças recebidas neste Lugar sagrado, Corgo da Igreja, ao longo de todos estes  dezassete anos de aparições. Agradeçamos sobretudo, a Sua Bondade e Misericórdia.

         Ele nos deu o Seu Filho Unigénito, que veio ao mundo para nos salvar. Elevemos também neste dia, as nossas preces a Deus, a fim de que neste novo ano, Ele nos conceda de novo as Suas Bênçãos e a Sua proteção, para que nos faça ainda mais fiéis servidores e nos torne dignos das promessas de Cristo

         Irmãos, como Maria e com Ela, também nós podemos e devemos fazer a experiência da Misericórdia de Deus, deixando-nos salvar por Cristo; exaltá-Lo descobrindo nos complexos caminhos e dramas do mundo, a vitória da misericórdia sobre o mal.       Podemos compreender a missão da nossa Mãe do Céu: É a  de uma Mãe atenta às dificuldades dos homens, que apresenta ao Filho, para que não lhes falte a alegria do Evangelho, da ternura e da Misericórdia. Abriguemo-nos sob o Manto de Maria, Mãe da Bondade, e Ela nos protegerá e estará sempre presente nos nossos lares, nos cuidados de cada dia, nas relações de amor, mesmo nas dificuldades, na saúde e na doença. Acreditemos irmãos, deixando que o Espírito Santo nos mostre o que Deus faz por nós nas situações que nós estamos vivendo.

         Com coragem caminhemos e nos alegremos, porque nós temos um Deus e uma Mãe Maria Santíssima bem pertinho de nós que fará o impossível para nos tornar alegres novamente.    Pensemos nisto irmãos. Que o Amor de Deus, a graça, a Paz de Jesus Cristo e a comunhão do Espírito Santo, estejam connosco e com os irmãos do mundo inteiro.

         Abraços a todos e que o Senhor e Maria nos abençoem a todos nós, com a Sua infinita Paz. Ámen.

         O irmão em Cristo e Maria,         Fernando Pires

 

Esta entrada foi publicada em Mensagens Pires. ligação permanente.