Mensagem de Nossa Senhora ,Mãe da Bondade em 6 de novembro

Mensagem do mês de novembro de2016

www.maedabondade.com

       Filhinhos queridos, é uma alegria poder estar aqui convosco, nesta tarde abençoada. Deus quer dizer-vos que ainda há tempo para louvar e para agradecer. Ainda há tempo para buscar o Deus vivo. Esse Deus é Jesus.

       A Eucaristia curará todas as vossas enfermidades.  Contudo existem algumas,   que não são curadas, porque essas precisam que vós deis testemunho. Testemunho de fé, testemunho de que aceitais a vontade de Deus, testemunho de que sabeis esperar o momento exato. Deus olha os vossos corações, a vossa fé e tem o Seu tempo, tem a Sua hora certa. Quantos de vós, que chorais e sofreis,  vos esqueceis que  Jesus Cristo, é o consolo e  o remédio. Esqueceis que  é Ele que salva, liberta e cura.

       Meus  filhinhos,   o sofrimento  faz parte do dia a dia. A Cruz de madeira não pesou tanto no ombro de Jesus, como os pecados da humanidade, que fizeram Jesus suar sangue e derramar todo o seu sangue para lavar os vossos corações.

       O vosso peso maior filhos é aquele que carregais dentro de vós. É aquele sofrimento que vos atormenta por dentro, destruindo-vos, tirando-vos a paz, a felicidade, a harmonia, a santidade, o perfume de Jesus.

       O mundo está fechado ( mergulhado ) na depressão, de tantas doenças, mas  a palavra de Deus,  devia  ensinar-vos a viver, a construirdes uma nova vida, na qual vos amaríeis e vos  respeitaríeis  uns aos outros…

       Sede  portadores  da chama da Fé, no Meu Filho Jesus Cristo, que é Luz para todas as nações do mundo, que caminha nas trevas.       Nunca antes, as trevas do pecado o envolveram tanto como hoje. Muitos de vós tendes a felicidade de estardes na Luz por terdes acesa no coração a chama da Fé. Contudo, outros filhos que vivem tão perto de vós, estão envoltos pelas trevas, são infelizes.

        Meus filhinhos queridos, não sejais omissos, levai a Luz, que é o Meu filho, a todos os que encontrardes. Mesmo muitos dos que se consagram ao Seu  serviço, dão muito pouco  de si, porque medem esforços, tempo, sacrifícios e o que fazem não  chega.  É pouco e vago. Nos seus corações ainda está Jesus, mas  noutros, e em grande parte deles estão apenas as coisas do mundo. A chama da Fé  é muito fraca, pequena, vacilante e vulnerável e satanás quer apagá-la. Ele sopra nos vossos ouvidos, as suas mentiras e, em muitos dos vossos corações essa chama já se apagou. É por isso, que Eu venho parecendo em vários lugares no vosso mundo, para vos fortalecer a chama da Fé no Meu Filho Jesus que é Amor.

       São tão numerosos os que estão nas trevas, enganados e seduzidos por satanás… Eles são uma espada de dor que trespassa o Meu Coração.

        Jesus fez tudo por vós, meus filhos. Fazei vós também o máximo por Ele. Entregai-vos a nós, tal como sois, mesmo que os vossos corações estejam pobres, vazios e miseráveis, Eu irei enchê-los da maior riqueza que é a graça de Deus. Não vos esqueçais pois, de manter acesa e forte a chama da Fé nos vossos corações, porque muitas coisas tentarão apagá-la. Tereis que rezar muito, para vencerdes o pecado e vos tornardes santos. Muitos irão deslizar… mas, chegará o momento nas vossas vidas em que não podereis, simplesmente, servir o Céu e ao mesmo tempo, a lama do pecado. Tereis que escolher…

       Se quiserdes ser de Deus, tereis que estar preparados com os vossos corações em estado de graça. Se fordes filhos obedientes e perseverantes, a Graça de Deus irá fortalecer-vos. Mas se fordes desobedientes, o sofrimento irá atacar-vos, a dor irá atormentar-vos, o vazio vos afastará das coisas boas. Não tereis mais alegria para saboreardes as mensagens vindas do Céu, a Eucaristia, que é o próprio Deus vivo, ou a adoração a Jesus no Santíssimo Sacramento. O vosso corpo precisa de estar aberto à presença de Deus em vós. É preciso que vos lapideis, porque, meus filhos queridos, o sofrimento será muito árduo para quem não estiver em oração verdadeira, para quem não estiver com os seus pensamentos, os seus atos, dirigidos ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo. É por tudo isto, que  o Céu me traz aqui  a este Lugar Sagrado, Corgo da Igreja, como a Mãe da Bondade, como a Mãe do mundo, que vos traz a catequese destes tempos, que não é o fim do mundo, mas o tempo em que precisais acordar para não destruirdes a essência da vossa vida que é Deus Pai. E esta aliança é a vossa preciosidade –  a vida em Deus, a vida na Graça de Deus.

       Filhinhos queridos, hoje vejo nalguns de vós, que as vossas áureas, não estão iluminadas, estão apagadas por causa do sofrimento interior, que tendes convosco em consequência, até mesmo, de causas materiais, como as próprias doenças da carne. É necessário, que aprendais a conviver com a presença do Espírito Santo, para que o Espírito Santo possa conduzir-vos de uma forma correta e precisa.

        O mundo, hoje, vive à beira de um abismo profundo. Muitos filhos não estão na graça de Deus. Podeis até estar num local privilegiado, num  local sagrado, diante de Jesus no Santíssimo Sacramento,  mas se não abrirdes a porta dos vossos corações, se continuardes cheios de ódio, cheios de rancor,  murmurando… Deus não poderá entrar nas vossas vidas.

       Deus  só entra onde há serenidade. Tendes  que aprender a abrir o vosso coração e arrancar esse sofrimento que vos impede de serdes realmente filhos felizes.

       Vós estais, neste Lugar Sagrado, Corgo da Igreja, vivendo um momento abençoado por Deus, que vos traz uma catequese de importância profunda para que sejais filhos de oração, de fé e perseverantes; para que consigais resgatar a felicidade do vosso coração e a paz na vossa alma. E, ainda, para que sejais capazes de educar as vossas famílias na oração e na Santidade.

       Nos dias de hoje, não podeis perder a presença de Jesus que é o mais belo caminho a seguir. Eu preocupo-me  como Mãe, como  Mensageira de Deus, a Medianeira entre o Céu e a Terra, trago do Céu aos vossos corações, e levo da Terra ao Coração de Deus. Neste  Lugar sagrado, Corgo da Igreja, sou um instrumento e  um canal para trazer para os filhos a Palavra de Deus e  levar-Lhe as vossas ofertas.

       Ao terminar esta Mensagem, meus filhos queridos, queria pedir-vos que rezásseis muito pela paz no mundo, principalmente pela Síria. Eu vos lembro novamente esta emergência. Alerto-vos, para algo que está para acontecer ao mundo. Eu desejo socorrê-lo com as vossas orações e sacrifícios. Amo-vos filhinhos, por isso vos falo. Que Deus vos abençoe e de uma forma muito especial, o Papa Francisco, a Santa Igreja, os sacerdotes, os bispos, cardeais, o vosso mundo e todos os filhos que estão aqui presentes neste Lugar Sagrado, Corgo da Igreja, principalmente os doentes. Com amor abençoo-vos na Santidade do Pai, Filho e Espírito Santo. Ámen.

       Até breve

       Maria, Mãe da Bondade, no Corgo da Igreja.

Nota: Foi lida  no local das aparições,  a pedido de Nossa Senhora, a mensagem do dia  4 de novembro de 2007

Esta entrada foi publicada em Mensagens. ligação permanente.