Mensagem de Nossa Senhora, Mãe da Bondade, em 4 de dezembro de 2016

Mensagem de 04 de dezembro de 2016

www.maedabondade.com

            Meus filhinhos queridos, o próximo dia 8 de dezembro será um dia muito especial para mim. Sentir-me-ei muito feliz por festejardes a solenidade da Imaculada Conceição. Sinto muita alegria ser a Mãe de todos vós, aquela que Deus escolheu, que Jesus escolheu para ser a Medianeira, a vossa Intercessora. Aquela que verdadeiramente vos acolhe com todo o carinho, amor, e sabedoria. Nesse dia o mundo volta o seu coração, para o meu Coração Imaculado. Ser a Imaculada Conceição é ter um coração imaculado, um coração de Mãe verdadeiro, amoroso, acolhedor, um coração que abraça cada um dos filhos. Nesse dia 8, essa grande festa, não é somente a festa de Maria, mas também a festa dos filhos de Maria, porque vós ides trazer-me aquilo que mais desejo: FILHOS – vós mesmos filhinhos, vós, que  sois as preciosidades que Deus me concedeu agora nestes finais dos tempos, para Eu evangelizar, iluminar e  conduzir  em direção ao caminho certo. Eu recebo  essa honra Celestial, porque Deus preparou para vós esse dia, essa festa. Tudo o que acontece na vossa vida, é pela vontade de Deus, até as dificuldades, os problemas encontrados na caminhada de um cristão, na caminhada de um missionário de Deus. Meus filhos trazer almas até ao Coração de Deus não é um trabalho simples.  É um trabalho grande e pesado.

            Na verdade, hoje, para se ser um missionário de Deus é preciso muita confiança, muito boa vontade, muita entrega, muita determinação e muito Amor. Perante tantas graças espirituais que estão sendo concedidas ao mundo inteiro… Eu tenho a certeza que todos vós já realizastes vários atos de Amor, até mesmo para vós próprios… Não penseis apenas naqueles atos de amor que fizestes ao próximo, não filhos.  Pensai também nos atos de amor que fizestes para vós mesmos. Por exemplo filhinhos, o facto de estardes aqui neste Lugar Sagrado, Corgo da Igreja, de vossa livre vontade, junto da Mãe de Deus, isto já é um ato de amor.

            Estamos procurando viver neste mês o que é o Natal. Não é só uma data, não é só um mês para se fazer uma simples novena e orar. Natal é  colocar o Menino Deus dentro de nós. É reacender essa chama, essa Luz que precisa brilhar. Cada um de vós deverá fazer um agradecimento e nesse agradecimento pedir uma cura para alguém que ama muito.

            Filhos, Jesus está concedendo-vos a Graça de Lhe  fazerdes esse pedido. Pedi principalmente pela cura do coração, porque toda a cura do corpo vem através do coração. No vosso coração está a fonte da Graça, a fonte da felicidade. Distribuí essa felicidade por este mundo carente de Deus, para o mundo que está precisando urgentemente da paz e do triunfo do Meu Imaculado Coração.

            Filhos, hoje, quero falar-vos das mães que trazem nos seus corações o afeto e o verdadeiro amor de mãe. Há mulheres na terra, que não tiveram a graça, a felicidade de gerar uma vida, mas tiveram a graça e a felicidade de educar um filho. São mães de coração, aquelas que adotam crianças, como se fossem seus filhos de sangue. A adoção é um ato muito bonito. É uma atitude muito louvável, pois o mundo precisa desta doação. A humanidade precisa amar e distribuir o seu amor, aos filhos  que dele necessitam. Proteger crianças, educá-las com amor, é caminhada de mães, muito fortes. Mães com corações piedosos. Mães muito humildes, que bem conduzir os seus filhos de forma correta.

            Se de repente vós, mães, olhardes para os vossos filhos, e os verdes muito doentes, não vos revolteis, porque há sempre uma esperança,  está-lhes reservada uma proteção, que faz verdadeiramente a Luz do Espírito Santo ser derramada sobre eles. Acreditai nas suas curas, tende fé e Deus vos atenderá. Não recorreis aos cartomantes, ao espiritismo, à bruxaria e feitiçaria, pensando resolver os vossos problemas. Filhos, vou novamente repetir-vos: – só Deus consegue observar o futuro. Só Deus sabe o que deve ou não acontecer. Encontram-se aqui, neste Lugar Sagrado, Corgo da Igreja, três filhas mães, que vieram agradecer pelas melhoras dos seus filhos. Não Me agradeçam a Mim filhas, agradeçam muito ao Meu Filho Jesus, foi Ele que fez esse milagre.

            Para terminar, meus queridos filhos, digo-vos que neste Natal deveis viver com fidelidade a vossa consagração a Mim, pois somente assim, sentireis a presença do Meu Jesus no vosso coração. Não vos afasteis do Confessionário neste Natal. Buscai a amizade de Deus por meio da confissão.

            Meus filhinhos queridos, que Jesus vos ilumine e proteja. Que conceda muita paz e mansidão a todos os que hoje agradecem a Deus pela vida. Às crianças e aos jovens, que Jesus lhes dê a força necessária para construírem um mundo de paz. A minha bênção muito especial para as três filhas que vieram aqui a este Lugar Sagrado, agradecer-me a mim e ao meu Filho Jesus, pelas melhoras dos seus filhos.

            Eu estarei aqui convosco, em todos os momentos difíceis das vossas vidas. Para isso basta terdes muita Fé e rezar, rezar, rezar muito. Eu, vossa Mãe, estou pronta para ajudar-vos. Retornai às vossas casas. Abençoo-vos, na Santidade do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Ámen

Até breve

Maria, Mãe da Bondade, no Corgo da Igreja

Nota: Neste dia, Nossa Senhora concedeu-nos uma grande graça. Após ter dado a mensagem ao irmão Fernando Pires, o Arcanjo S. Miguel deu-lhe a comunhão.  Ele mostrou-nos a hóstia branca na sua boca, e de seguida colocou-a numa caixinha que o Sr,. padre Manuel Vieira lhe tinha dado. Depois colocou a caixinha com a hóstia na mão da imagem de Nossa Senhora. Poucos minutos depois retirou a caixa e entregou-a ao Sr. Padre. A hóstia tinha-se transformado no corpo e sangue de Jesus.

scan_pic0001

Esta entrada foi publicada em Mensagens. ligação permanente.