Mensagem de nossa Senhora, Mãe da Bondade no dia 16/02/2017

Mensagem do 18º aniversário das aparições, no dia 16 de fevereiro de 2017

www.mãedabondade.com

        Meus irmãos e irmãs, o Céu abriu- se hoje e, numa grande Luz, apareceu um grande coração. Nele, os Arcanjos, Rafael, Gabriel e Miguel. colocaram uma faixa, com a seguinte inscrição: POR FIM O MEU CORAÇÃO TRIUNFARÁ. Veio a seguir Maria, a Nossa Mãe da Bondade,  vestida de branco e com um manto cor- de rosa. Ela  trazia nas Suas  mãos a palavra de DEUS, que  levantou na nossa direção, transmitindo a seguir  a seguinte mensagem:

        – Meus queridos filhinhos, é com grande alegria que vos recebo novamente, neste Lugar Sagrado, Corgo da Igreja. Venho com a permissão do Sumo Deus, ensinar-vos o caminho da perfeição e o caminho da Vida Eterna.

        Trago  nas minhas mãos a Palavra de Deus, que cura, liberta e  leva à salvação. Quero que todos vós,  crianças, jovens, filhos e filhas, coloqueis em prática a Palavra do Meu Filho Jesus, que tem poder para vos transformar.

        Este é um dia de grande alegria, para o meu Coração e para o coração de todos os filhos que me têm sido fiéis, nesta Missão, durante  estes dezoito anos em que o Céu vos envia aqui a Palavra de Deus.

         Quando no mundo acontece uma manifestação de Maria, o homem, muitas vezes, quer encontrar graças, curas, bênçãos… mas, filhinhos, a maior de todas as bênçãos que podereis desejar encontrar, é a Palavra de Deus. Esta palavra, poderá trazer-vos cura, prosperidade, e até defender a própria natureza… Mas, o mais importante é que só Ela vos pode transmitir força, coragem, espírito de entrega e de oração, que vos ajudem na evolução da vossa  vida espiritual.

         Eu, hoje, faço-vos um pedido muito especial:

        – Em consideração pelos dezoito anos da minha presença aqui, neste Lugar Sagrado, Corgo da Igreja peço-vos que caminheis cada vez  mais, movidos pelo Espírito Santo. Só o Espírito Santo vos fará vencer as perseguições com a Sua Brisa Mansa. O demónio, neste tempo que a humanidade está vivendo agora, quer guerra, destruição, discórdia e violência. Deus é a Paz, filhos. E só o Espírito Santo poderá transmitir-vos essa paz.

        Não vos preocupeis tanto com o vosso ego humano, preocupai-vos sim, com a presença do Espírito Santo em vós, que se deverá sobrepor à mesquinhez do vosso ego. Vós estais necessitados de preparação, mais necessitados de conversão, e ainda mais necessitados de vida na Graça de Deus, para a Sua Glória. Verdadeiramente o mundo precisa da ação do Espírito Santo, e os filhos de Deus precisam estar preparados, para a sua missão, – a de ser presença de Deus, entre os irmãos, invocando sempre o auxílio do Divino Espírito Santo.

        Estar preparados hoje, é procurar vencer a tempestade do demónio com a Brisa Mansa  que é o próprio Espírito de Deus e   pela Sua ação. É por isso, filhinhos queridos, que neste local Sagrado, Corgo da Igreja, a minha presença de corpo e alma, se manifesta, e Deus permite que essa Brisa Mansa desça sobre vós. Deus quer a Paz. Deus é Paz. Eu quero-vos, filhinhos, comungando a Paz, respirando a Paz.

        Se vós fordes perseguidos por causa deste Lugar Sagrado, Corgo da Igreja, silenciai e vencei os que vos perseguem pela oração. Este lugar, meus filhos, já é um Santuário. O desejo celestial é que no decorrer dos tempos este Santuário cresça em bênçãos, graças e curas. A cura é Jesus. E o céu envia- me, mais uma vez, a trazer  Jesus ao mundo.

        Tendes necessidade do amor e temor de Deus. Libertai-vos de tudo aquilo que vos perturba.

        Numa das mensagens do ano passado Jesus  disse:” Que nada te perturbe” Então que nada vos tire a paz, que nada vos tire a força, que nada possa atingir-vos, filhos. Que o Espírito Santo possa ser a Luz, a vos aquecer, fortalecer, ungir e  iluminar.

        O triunfo do Meu Imaculado Coração está muito próximo, filhos. Vós estais agora na parte mais delicada da vossa missão, que é serdes responsáveis pelo vosso sim. O vosso SIM foi alicerçado sobre uma rocha imensa que é Jesus. Não podeis deixar que na hora em que Jesus mais precisa de vós, o demónio com a sua maldade e as suas ciladas destrua a vossa confiança em Deus. Filhinhos queridos, vós tendes que confiar, tendes que estar preparados. Quem vem hoje a este Lugar sagrado, Corgo da Igreja, vem pelo Céu, vem pela graça do Céu.

         Ainda há corações que  questionam este lugar, até mesmo na minha Igreja, que tanto amo. Mas,  todos terão que reconhecer que  aqui  se vive,  hoje, um acontecimento real.

         As vossas vidas devem estar nas mãos de Deus. O dia e o momento certo em que vós alcançareis mais graças, como a da  Eucaristia,  isso, pertence a Deus. Pertence a vós, filhos, valorizardes a PALAVRA DE DEUS, que vos conduz a ser cristãos, não pela metade, mas cristãos de entrega, de coração e alma.

        Meus filhinhos, onde está o inimigo? Vós pensais que o inimigo está no lado oposto  àquele em que seguis, mas  muitas vezes, ele se faz, presente no próprio caminho que estais percorrendo.  Para vencerdes o inimigo filhinhos, é preciso vencerdes a preguiça, a ira, a inveja e o ciúme. Quando fordes criticados, que nada vos perturbe, lançai-vos nos braços do Espírito Santo, carregai a vossa cruz com paciência, e com amor. Chegastes a estes dezoito anos comigo, Maria, porque, Eu estou aqui presente neste Lugar Sagrado de corpo e alma.

        A minha presença aqui trouxe-vos dezoito anos de catequese. Lembrai-vos que o homem sem Deus não teria condições de cumprir uma missão como esta. O homem não saberia amar como precisa amar, entender como precisa entender, aceitar as coisas como precisam ser aceites. Vós desejarias que tudo fosse Santo,  mas Deus faz-vos  ver o lado pecador, para reconhecerdes o vosso pecado e reconhecerdes Deus, em Cristo, que é  o perdão do vosso pecado.

        Filhos queridos, vós estais aqui, ouvindo o Céu, recebendo o maior alimento que é a Palavra de Deus, graças ao sim do coração deste filho, que foi escolhido  para esta missão.

         Para Jesus se fazer presente na terra, Deus serviu-se do meu Coração. Eu estou presente no mundo falando-vos e Deus serve-se de instrumentos, que são filhos humanos, pecadores,  para,  por meu intermédio, cumprirem uma missão muito grande. Eles merecem o respeito e o carinho de todos vós.

        Filhinhos queridos, feliz é a alma que tem sede de Deus. Ver-me com os olhos, não é assim tão essencial, o importante, é caminhar na Graça de Deus. É amar, desejar essa graça e ter sede de Deus. Eu tenho a certeza que muitos filhos que já me viram com os olhos, mesmo se isso não tivesse acontecido, continuariam sentindo sede de Deus e perseverariam na sua missão. Eu valorizo nos lugares onde Deus me envia de corpo e alma,  aqueles que são  porta-vozes da palavra, porta-vozes do Céu, porta –vozes  do sinal  de Deus.

         Falar ao mundo de algo que poucos vêem é muito difícil, meus filhos, tendes  que ter muita entrega, boa vontade, confiança e muita fidelidade, principalmente nos tempos de hoje, em que o homem sente  grande dificuldade em ver Deus no seu próximo e nem mesmo  consegue ver Deus nele próprio..

        Estando presente neste Lugar Sagrado, Corgo da igreja, é fácil vermos Deus, porque em tudo aqui, Deus está presente.  Quando aqui chegastes, Deus se fez presente nas crianças e nos jovens. A presença do Seu Amor, também se faz sentir na vida dos sacerdotes aqui presentes. São filhos do meu CORAÇÃO que acolheram a Palavra de Deus, e continuam cumprindo aqui a sua missão, de evangelizadores. Os sacerdotes precisam ser de Jesus. Eu sinto grande alegria quando vejo um sacerdote humilde, chegando aos pés de Jesus,  reconhecendo ser apenas um instrumento. Tudo o que acontece na sua vida é obra de Jesus. E Eu Maria, tenho a certeza que estes são sacerdotes humildes e são presença de Jesus aqui, neste  momento.

        O mundo tem necessidade de receber o maior alimento que é a Eucaristia. Jesus disse” Eu farei das mãos dos sacerdotes, mãos santas” E tenho a certeza que aqueles que estes sacerdotes , serão santificados pela sua bênção, pelas bênçãos que Jesus derramou sobre os seus corações.

        Meus filhos queridos, antes de dar a minha Bênção, desejo orar convosco a oração do “ Pai nosso” em agradecimento, porque tudo é pelo Pai, tudo é pelo Filho e tudo é pelo Espírito Santo. De mãos estendidas para o Céu, rezai comigo:  “ Pai nosso que estais no Céu, Santificado seja o Vosso Nome, venha a nós o Vosso Reino, seja feita a Vossa Vontade, assim na terra como no Céu,… O pão nosso de cada dia nos dai hoje, perdoai as nossas ofensas, assim como nós perdoamos  a quem nos tem ofendido. Não nos deixeis cair em tentação,  livrai-nos do mal. Ámen

        E agora filhinhos, a todos vós que estais aqui presentes, com todo o carinho e amor, Eu dou-vos a minha Bênção,  na Santidade do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Ámen

         Eu abençoei carinhosamente, todos os corações aqui presentes, agradecidos ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo, honrados pelos dezoito anos da Palavra e pelo Ensinamento do Céu e os  filhos do mundo inteiro. Que todos  permaneçam na Paz, sob a Bênção do Pai, do Filho e do Espírito Santo.

        Até breve

        Maria, Mãe da Bondade, no Corgo da Igreja.

Esta entrada foi publicada em Mensagens. ligação permanente.