Mensagem de N. Senhora, Mãe da Bondade no dia 2 de Abril de 2017

Mensagem  no dia 2 de abril de 2017

www.mãedabondade.com

         Meus filhinhos queridos, começo esta mensagem falando com este meu filho.

         – Filho, sei que sofres muito, mas por meio das tuas dores muitas outras almas estão a voltar ao rebanho do Meu Filho Jesus Cristo.

         É muito grande o amor que sinto por todas as almas que estão em pecado… e tenho tanta pena delas! Sim, meu filho, muitas almas como tu sofrem  para dar força a outras almas, de modo a evitar que caiam em pecado. Vais ainda continuar a oferecer as tuas dores, por essas almas que estão a mudar.

         Filho querido, Eu estou aqui para partilhar contigo essas dores. Vamos os dois sofrer, embora alguns dos meus filhos pensem que Eu não sofro. Eu continuo a sofrer, porque o mundo continua a ser mundo de guerra, e para  Mim não há passado, nem futuro. Tudo é presente. Continuo, continuo, continuo a sofrer por este mundo. O meu Coração sofre porque neste mundo não estou gloriosa.

         Agora vou dar algumas palavras a estes filhos que se encontram aqui neste Lugar Sagrado, Corgo da Igreja.

         Filhos,  no dia de Páscoa, dia em que comemoramos a Ressurreição do Meu Filho Jesus, Eu, Maria, Mãe da Bondade, a Mãe do Amor e da Misericórdia digo-vos: Alegrai-vos Comigo meus filhinhos queridos, porque Jesus Crucificado e morto, ressuscitou  com a Sua Glória, Imortal, Impassível, para nunca mais morrer.

         Meus filhos, o povo português no mês de Maio, vai receber uma  grande  Graça, com  a visita  do Santo Padre, papa Francisco, para despertar o coração da vossa nação.  Apesar  de vos dizerdes  católicos, sois um povo que precisa  amar Cristo verdadeiramente, precisais ser uma Igreja viva em festa,  para  serdes  cristãos de   coração maravilhoso, numa nação  que se sentirá privilegiada. Que bom filhinhos!

          Deus  deseja que todas as nações, O glorifiquem.  Ele concedeu-vos  a  graça de um Santo Padre, que  conduzirá o Seu rebanho. E, neste momento, sois uma nação que se sente privilegiada, por ir receber o Santo Padre, Papa Francisco… Que ele seja para vós um sinal de conversão, pois a vossa nação (Portugal), ainda é uma nação que precisa muito de conversão. Rezai muito pelo Santo Padre, para que Deus o ilumine, e ele possa ser para vós, esse sinal, que vos conduzirá à transformação tão desejada. Pensai na maravilha que seria desta nação, se ela se transformasse! Poderia ajudar o mundo e todas as outras nações sofredoras, a encontrar num passo,  essa transformação.

         Orai todos, agradecendo a Deus e à Santíssima Trindade, e senti-vos  felizes, porque o mundo  tem uma porta que leva ao Céu. Essa porta é a Santa Igreja.

         Mesmo que encontreis mil dificuldades da parte humana, não podeis deixar de ver o quanto é linda a parte Santa e Divina da Igreja.

         Hoje, agradecei a Jesus por todo este mérito. Agradecei-Lhe todas as Graças concedidas, e agradecei-Lhe também por permitir que o Divino Espírito Santo vos ilumine.

         Queridos filhos, antes de terminar vou pedir-vos novamente, que reflitais sobre o profundo mistério da Paixão, Morte e Ressurreição do Meu Divino Jesus. Convido-vos, pois, a terdes um sincero arrependimento dos vossos pecados e a voltardes com sinceridade para Deus. Preparai-vos filhos, para a Páscoa.

         Não me deixeis triste com os vossos pecados, segui os ensinamentos do Pai e não vos arrependereis. Ele fará feliz, um em particular. Para que essa Felicidade seja constante, limpai os vossos corações do ódio, só assim, tereis uma Páscoa cheia de Paz e Alegria.

         Nesta tarde, abençoo de maneira muito especial todos vós aqui reunidos, neste Lugar Sagrado, Corgo da Igreja, as criancinhas, idosos, os doentes e as vossas famílias, quer se encontrem nos hospitais ou nas suas casas e abençoo ainda,  todos os que sofrem no corpo ou na alma.

         Meus filhinhos, Eu deixo sobre vós as minhas bênçãos maternas. Eu os abençoo, em Deus, todo  poderoso, que nos reuniu neste Lugar Sagrado, o Pai, o Filho e o Espírito Santo. Ámen.

         Até breve,

         Maria, Mãe da Bondade, no Corgo da Igreja

Esta entrada foi publicada em Mensagens. ligação permanente.