Mensagem de Nossa Senhora, Mãe da Bondade em maio de 2017

Mensagem de  7 de maio  de 2017

www.maedabondade.com

         Meus filhinhos queridos, este mês de maio, vai ser para Mim e para o Meu coração de mãe, um mês de muita alegria, não só pelas graças que Deus sempre nele derrama, mas também pelo amor que recebo de todos os filhos, que sabem corresponder ao grande amor que o meu coração de mãe lhes dedica. Hoje a alegria, a paz e a unidade tomam conta do Meu ser, agradecida a Deus pela honra de ser a Mãe  do Rosário, mãe de todos vós e muito especialmente, a mãe Daquele que  veio para  catequizar este mundo, que precisa tanto de uma  catequese divinamente celestial.

         É essa catequese que Eu como mãe zelosa peço para os meus filhos: palavra, ensinamento, amor, respeito, fraternidade,  oração, penitência e conversão. E este   zelo, que Eu, Maria, Mãe da Bondade, tenho por cada um de vós, que sois as flores mais lindas, que Deus criou nesta terra – os seus filhos.  Este zelo, é o que Eu também peço às mães de todo o mundo, que tenham pelos seus filhos. O zelo de os  proteger, de os conduzir,  de os guiar de uma forma digna, verdadeira, com respeito, e temor, em  obediência a Deus, no seio da família.

         A minha grande preocupação, ao zelar pelas famílias, é a de lhes transmitir a  riqueza do Espírito Santo que deverá estar  presente no coração dos pais, no coração das mães  e no coração dos filhos.  E o maior presente que Eu, Maria, Mãe da Bondade, posso ofertar às mães de todo o mundo, é esta  presença do Espírito Santo. Na minha alma o Espírito Santo tornou-me Imaculada, fez-me Medianeira, Mensageira, Mãe, Piedosa. Eu desejo que o Espírito Santo também atue em todas as mães e em  vós, enchendo-vos de dons.

         Filhinhos, quando Eu digo “ Eu sou a Mãe” Eu lembro as Palavras que Jesus profetizou naquela Cruz, quando Ele Me entregou o mundo, e todos os filhos, dizendo: “Mãe, zelai por todos os filhos”.

         De modo muito especial, hoje, também, Deus Me concede a honra de ser a Mãe do mundo. Em  Fátima, sou a  Mãe do Santo Rosário de Fátima, porque foi “O Rosário” o Meu grande pedido na Cova da Iria. Sabeis filhinhos, que o Rosário é que defende o mundo dos grandes perigos? Defende-o  da  guerra, das doenças, e principalmente das doenças espirituais. É o Rosário que defende a Igreja, defenderá o Santo Padre Francisco que irá estar convosco daqui por uns dias. É o Rosário que defende as nações. É o Rosário que defende a Família. A Oração do Santo Rosário  é a arma poderosa dos tempos de hoje, para vencer todas as armadilhas do inimigo. Não é coincidência, é providência, que o  dia das Mães, seja  hoje. Este Domingo de meditação sobre a presença desta Mãe Celestial no mundo, como Mensageira e Medianeira, está associado ao quanto  as mães precisam ouvir as Mensagens do Céu, ao quanto as mães precisam zelar pelas suas Famílias, torná-las santas, abençoadas e  consagradas a Deus. As mães de hoje precisam de prudência. Há jovens mães sem consciência do ato de ser mãe. Há crianças abandonadas, sem  amor, sem carinho e sem respeito. O sofrimento no mundo é grande, principalmente nas famílias, e é por isso, que Eu peço sempre ao Espírito Santo que desça sobre o coração das mães.

                  Nós vemos, que muitas mães não têm a proteção paterna, não têm a proteção da família… Isto, porque tristemente a família está morrendo, está deixando de existir. E hoje, muitas filhas que se sentiram abandonadas e que já são também mães, fazem o mesmo, abandonam os seus filhos, desprezando-os.  E isto não acontece  só no momento do nascimento, não, filhos! Às vezes, até acontece  no  momento em que eles estão a ser gerados. Esse desprezo manifesta-se tristemente, no ato do aborto, quando  violentamente, a mãe mata o filho. É muito triste!  Hoje isto acontece muito no mundo. É por isso, que nós precisamos pedir ao Espírito Santo que esteja presente no coração de todas as mães, porque a mãe é a única que pode impedir  o ato de matar uma criança inocente, no momento em que ela depende  completamente do seio maternal para viver.

         Para combaterdes esse sofrimento, para superardes o mar de dor, que vos quer submergir, é preciso  pensar  na  Misericórdia de Deus e unir-vos em oração.

         Todas as mães, precisam ser responsabilizadas, precisam ser tementes a Deus, respeitar a vida, ser realmente obedientes aos mandamentos, ter o Espírito Santo, porque Ele é o Único que não  as deixará vacilar. O Espírito Santo é a Luz de Deus Completa. Ele é Deus.  Se o invocardes, se Lhe pedirdes ajuda, Ele não vos  permitirá que concretizeis a crueldade e a  violência  que praticais contra tantos inocentes que estão  aí lutando para viver.

         Hoje, como é o dia das mães e o dia em que o mundo se coloca face ao Meu Coração Imaculado, Eu quero pedir ao Espírito Santo que desça para dar a Unção a todas as mães, peço-Lhe que traga a Misericórdia aos corações maternos, que não permita que as mães vacilem  e  cometam mais erros. A Sagrada Família irá abençoar, neste momento, todas as mães do mundo inteiro e principalmente as mães que estão aqui presentes e também  os seus  filhos.

         Alegrai os vossos corações, vós, jovens mães, Deus vos deu este presente de poder ter um filho. Vede agora o quanto a vida para vós mudou. O que é que para vós, agora que sois mães, tem mais valor na vida?  Vós, já não vos ligais a certas  fantasias do mundo, não tendes tantas ilusões, sois mais realistas. Precisais ser verdadeiras MÂES. Os vossos filhos precisam ser conduzidos por uma Mãe Forte, por uma Mãe Guerreira, por uma Mãe com Espiritualidade.

         Não  esqueçais que existem já muitas filhas que têm a sua mãe junto de Deus. Que já foram criaturas escolhidas, escolhidas como flores para estarem junto do Pai. E também existem muitas mães aqui na terra que estão hoje pensando naquele filho que já está junto do Pai. Essas mães brilham, porque possuem a graça de sorrir e ao mesmo tempo chorar. Uma mãe sempre espera que um filho esteja ao lado dela,  e que ela vá ao encontro de Deus primeiro do que o filho. Esse exemplo, Eu , Maria, posso vos dar, porque Eu vi Jesus morrendo por vós! Naquele momento Eu, Maria, desejava estar no lugar de Jesus, mas era Ele o Cordeiro de Deus, era Ele o Enviado do Pai. E Eu,  Sua Mãe, aceitei, com toda a sabedoria, o Plano de Deus a realizar-se na minha vida.

          Lembrai-vos também, dessas mães que hoje, neste dia, nesta tarde, ao olhar para o dia das mães, estão sentindo essa carência. Que Deus lhes dê força e coragem para seguir e  a certeza de que tudo é do Pai, tudo é do Pai! Todos nós somos do Pai. Estais aqui, neste Lugar Sagrado, Corgo da igreja para realizar a vontade do Pai, nas vossas vidas. Não é à toa que Deus fez a mãe, o pai, o filho. Não é à toa também que Deus fez uma Igreja e a essa Igreja Ele concedeu a unção do Espírito Santo. Vedes essa unção através do Santo Padre.

         Todo o cristão acredita verdadeiramente na luz do Espírito Santo atuando na Igreja e no Santo Padre, para que ele possa conduzir as nações do mundo. O Papa  é um Canal de Deus.  A sua voz, as suas palavras são respeitadas, elas causam  respeito, aos filhos que têm temor a essas palavras. O homem por mais que  diga: “Eu não creio”, ele sabe que lá no fundo do seu coração, existe uma chama, existe uma luz que ele precisa valorizar.

         Antes de terminar esta minha Mensagem, vou dirigir umas palavras a este Meu filho:

         – Filho, no dia da tua cirurgia, o Meu Arcanjo Rafael estará lá perto do médico cirurgião. Não tenhas medo porque vai correr tudo bem.

          Termino desejando parabéns a todas as mães, a todas as famílias, a todas as religiosas que são mães espirituais. Que Deus abençoe, proteja, guarde e ilumine todos estes filhos que hoje estão aqui neste Lugar Sagrado, Corgo da Igreja, que Eu com tanto carinho e Amor estou abençoando. Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Ámen.

         Até breve,

         Maria, Mãe da Bondade, no Corgo da Igreja.

Esta entrada foi publicada em Mensagens. ligação permanente.