Pedido de orações contra os incêndios e a falta de chuva

Nós estamos aqui 

Este é o nosso planeta

 Deveria ser sempre lindo…

Mas, estamos vivendo uma das piores secas da história do país; eu e muitos de vós não nos temos apercebido da gravidade da situação.  Mas, se estivermos atentos compreendemos que sem água não haverá vida. É importante para o planeta e para todos nós, que a chuva continue nos beneficiando com as suas gotas maravilhosas, portadoras de vida e energia.

Tenhamos consciência de que os incêndios florestais são causados por ações humanas descontroladas, que afetam e desequilibram todo o ecossistema no planeta e hoje no nosso país.

Causam a destruição da vida animal e vegetal das regiões onde deflagram, além de tornar o solo pobre, impossibilitando novos plantios. Causam ferimentos nos animais do local e das regiões próximas, destroem estradas, pontes, casas, postos de vigilância, armazéns, etc. Além de provocar alterações drásticas do ecossistema, afetam ainda a reprodução e contribuem para a difusão de pragas e doenças. Os incêndios estão também na origem da falta de chuva. Isto porque….. Há uma interação entre a vegetação e a atmosfera para a formação de nuvens e chuva.

Como combater todos estes males?

O céu está atento e nós podemos recorrer a ele.

 Confiemos no poder extraordinário da Virgem Maria e na eficácia sobrenatural do Santo Rosário contra os poderes do mal.

 A Virgem Maria diz que a solução para tão graves problemas está no rosário. Somente o Rosário pode fazer milagres no mundo e nas nossas vidas.

 Satanás é forte e deseja destruir não só a vida humana, mas também a natureza e o planeta em que vivemos.

 Mas o Rosário é a arma mais eficaz contra qualquer problema que aparentemente não pareça oferecer uma solução .

 “Pedi e recebereis” –  disse Jesus

Eu acredito. E quem também acreditar, poderá ajudar a reverter esta situação calamitosa de incêndios que têm devastado o nosso país e contribuem para as dificuldades que estamos a sentir relativamente à escassez de água, por falta de chuvas abundantes e regulares, daquelas que não nos causam prejuízos, mas tornam o nosso país verdejante e produtivo.

 Podemos fazer crescer uma corrente de oração pedindo a intercessão da Virgem Maria por estas causas:

– Que mais nenhum incendiário lance fogo às nossas florestas.

_ Que o Senhor seja Misericordioso connosco e nos conceda a desejada chuva que regará os nossos campos e encherá as nossas barragens de água, de tal modo que nunca mais falte água em qualquer povoação.

Comprometamo-nos a rezar um terço todos os dias, com estas intenções, seguido da oração dada pelo papa Paulo VI,  para  pedir chuva. Se já rezais o terço todos os dias, podereis apenas juntar estas intenções àquelas que já tendes. E no final rezai a oração do santo padre a pedir a chuva.

 Podeis fazê-lo às nove da noite ou a outra hora que vos convenha. O importante é fazê-lo todo os dias.

Era ótimo que um grande número de pessoas pudesse apoiar esta causa, e … se todos pedirmos, o céu vai ouvir-nos e teremos sempre o melhor para nós, para a nossa família e para a humanidade.  Que assim seja.

Oração para pedir chuva.

“Deus, nosso Pai, Senhor do Céu e da terra

Vós sois para nós existência, energia e vida.

Criastes o homem à Vossa imagem

a fim de que com o seu trabalho ele faça frutificar

as riquezas da terra,

colaborando assim na Vossa criação.

Temos consciência da nossa miséria e fraqueza.

Nada podemos fazer sem Vós.

 Pai bondoso, que sobre todos fazeis brilhar o sol

e fazeis cair a chuva,

tende compaixão de todos os que sofrem duramente

pela seca que nos ameaça nestes dias.

Escutai com bondade as orações que Vos são dirigidas

com confiança, como satisfizeste  as súplicas do profeta Elias

que intercedia em favor do vosso  povo.

Fazei com que as altas pressões que pairam sobre o nosso país se afastem um pouco e dêem lugar à passagem da algumas baixas pressões que nos possam trazer a desejada chuva que fará renascer  os frutos e ajudará os homens e os  animais.

Que a chuva seja para nós o sinal

da Vossa graça e da Vossa bênção.

Reconfortados pela Vossa Misericórdia,

dar-Vos-emos graças por todos os dons da terra e do céu,

com os quais o Vosso Espírito satisfaz a nossa sede.

Por Jesus Cristo, Vosso Filho,

que nos revelou o Vosso amor,

fonte de água viva, que brota para a vida eterna. Amem”.

Papa Paulo VI

 

 Porque os incêndios são uma das causas da falta de chuva…

As plantas, e as árvores em processos fisiológicos, emitem Compostos Orgânicos Voláteis (COV) conhecidos como terpenos para a atmosfera, portanto a vegetação é responsável por aproximadamente 90% de todos os compostos orgânicos voláteis na atmosfera global, junto com o vapor d’água e o gás carbônico, emitidos em processos fisiológicos. Esses compostos são formados por grandes moléculas que favorecem a ocorrência de um fenômeno típico das atmosferas limpas, ou seja, a cristalização dos compostos orgânicos voláteis em minúsculos cristais ou aerossóis. As moléculas de COV formam esses minúsculos cristais ou aerossóis; que na ausência de outros aerossóis, esses cristais servem como Núcleos de Condensação de Nuvens (NCN), atraindo muito vapor d’água que formam grandes e pesadas gotas de chuva, que logo se precipitam. A importância dessas emissões naturais de COV que formam NCN está no ciclo hidrológico: estima-se que pelo menos 20% a 30% de toda a chuva seja proveniente desse processo.  Mas, e há um grande MAS, se houver incêndios as partículas libertadas, absorvem radiação, o chamado “carbono preto”, que consiste em fuligem dos incêndios. Gotículas de nuvens ricas em fuligem absorvem radiação muito eficientemente, evaporando-se antes de precipitarem, intensificando a supressão da precipitação.

 Se o ambiente é relativamente limpo, não poluído, os NCN relativamente grandes ou solúveis em água, esses vão crescer rapidamente, colidir com os menores e cair como chuva. A nuvem não tem muito tempo para crescer, chegando no máximo a alturas de 4 ou 5 km. Caso a atmosfera esteja poluída, com um número muito grande de NCN, como na época de incêndios, a disputa pelo vapor de água disponível aumenta, as gotas crescem pouco e devagar enquanto a nuvem vai crescendo. Muitas vezes essas nuvens nem chegam a precipitar em chuva, as gotas evaporam e a água, junto com os aerossóis, não retorna ao chão, mas é levada pelos ventos a outros locais.

 Com esta pequena explicação ficaram a perceber o quanto é importante evitar os incêndios e o quanto estes prejudicam a humanidade.

Esta entrada foi publicada em Pedidos de Nossa Senhora. ligação permanente.