Mensagem dada pelo irmão Fernando Pires

 

( Transmitida oralmente no local do Sobreiro. Corgo da Igreja – S-Marcos da Serra, em 7 de Julho de 2002, após a recitação do Santo Terço, ao meio dia. )   

              Irmãos e irmãs, estamos aqui para dar glória a Deus, e é Nossa senhora quem nos reúne neste local, para rezarmos o terço.

            Sabeis que, pela oração, Jesus pode pôr fim a uma guerra, uma catástrofe, a toda a espécie de calamidades e males, que possam vir sobre o mundo? Então, por isso, devemo-nos reunir aqui, no 1º domingo de cada mês, e em nossas casas, para rezarmos em grupo. Com a oração tudo é possível. Jesus pede-nos que rezemos, e que não nos afastemos do caminho, porque o mundo, está num grande perigo. Há guerras, discórdias nas famílias, desobediência a Jesus. Estamos a viver momentos críticos. Nós, e todos aqueles qe amam  Deus e pertencem à Igreja, devem amá-Lo de todo o coração. Assim, creio que tudo quanto lhe pedirmos Ele nos concederá, porque Jesus é o único que pode solucionar a situação do mundo, não os homens, só Jesus, juntamente com todos os que são capazes de lhe permanecerem fiéis, até ao fim e  rezarem por aqueles que não rezam. O que o senhor nos pede, é que nos sacrifiquemos e que não esqueçamos, que Ele está a ser ultrajado e desprezado.

            Meus irmãos e irmãs, apenas Jesus pode saciar, plenamente a vossa  ardente sede de Amor, pode encher a vossa alma, de ideais sublimes; pode conservar a juvenil candura dos vossos sentimentos e afectos; pode satisfazer as vossas aspirações, pode levar-vos ao cume da perfeição. Apenas, Jesus é fonte eterna das mais puras delícias. Deixai que Ele vos encontre, vos seduza e vos embale, na mais perfeita das alegrias. Para mim crer em Jesus, é também confiar nEle. É dominar o meu  medo e as minhas dúvidas. É sabê-lo presente, mesmo, quando não experimento, com fervor, a sua presença permanente. Não, eu não sou vítima de uma ilusão, embora, um ou outro, dos meus irmãos e irmãs, assim o pensem.

 A confiança é mais forte que o medo de me enganar.  Aquilo que eu encontrei Nele foi: o Amor, a Fé e a Alegria.

Meus irmãos e irmãs, o Amor é a melhor música da prateleira da vida. Procurai pô-la, muitas vezes, a funcionar e colocai-a como fundo do vosso dia a dia. Sem ela, sereis um eterno desafinado.

            Quando o Amor bater à vossa porta, segui-o, mesmo que o caminho seja pedregoso e difícil. E quando o Amor quiser falar convosco, acreditai nele, ainda que, a sua voz possa fazer evaporar os vossos sonhos, como o vento forte, que devasta o jardim; da mesma forma que vos exalta. O Amor crucifica-vos, e como vos faz amadurecer, assim vos podará, e vos entregará ao seu fogo sagrado, a fim de que sejais o pão santo da mesa de Deus. É o que o Amor realiza-se em vós para que possais tornar-vos uma fracção do coração da vida .

 O Amor nada dá, a não ser a si mesmo, e nada colhe, senão em si mesmo .O Amor não é possessivo, nem gosta de o ser, porque se basta a si mesmo, e não penseis que podereis conduzi-lo, pois se vos achar dignos, ele mesmo vos conduzirá. O Amor não quer senão consumir-se, se augurais de verdade, sejam estes os vossos desejos.

A Alegria é o perfume gratificante e fruto do dever cumprido. Que todos ao vosso redor sintam, a suave fragrância, deste perfume!

A Fé é o caminho da vida das bem aventuranças. Ter Jesus como companheiro de caminho, significa ter as mãos sempre abertas para partilhar a vida com alegria e felicidade. É escutar a voz de Deus, no silêncio do meu ser, em interioridade e disponibilidade, para caminhar por sendas de verdade, sinceridade, autenticidade e lealdade. É considerar a vida como algo sagrado e como dom recebido de Deus, é defender a vida lutando contra os seus inimigos. É incarnar cada dia na vida, as atitudes de Jesus: Servir, Acolher, Abraçar, Alegrar e Partilhar.

 É viver como cristão; é estar sempre em festa com Jesus; é Viver com Ele em liberdade, em acolhimento, em entrega, em alegria. É viver a Igreja como comunidade, de filhos e irmãos, na compreensão, no diálogo, na sinceridade, na tolerância, no respeito mútuo, no Amor. É basear a vida nos valores que marcam o seu caminho: A fé , a Liberdade, o Amor, A paz, a Justiça, o  Respeito, a Responsabilidade , A Compreensão, o Humor, A Alegria, o Carinho, a Ternura, a Solidariedade. É também viver da outra maneira. É olhar os outros irmãos e irmãs com um olhar franco e positivo, que procura o que há de bem neles.

            Obrigado a todos. Saibam que estamos aqui, neste sítio, todos unidos por um único ideal e pela Santíssima Virgem Maria. Conservemo-nos sempre em oração, porque ainda estamos muito longe uns dos outros. Se somos cristãos católicos e praticantes, a distância não nos pode separar.

            Abriguemo-nos sob o manto de Maria, e Ela nos protegerá sempre, e em toda a parte do mundo.

   Um grande abraço para todos.

   Fernando Pires

Esta entrada foi publicada em Mensagens Pires. ligação permanente.