Testemunho de Miguel de Sousa Campos 8/09/2013

Testemunho de Miguel de Sousa Campos

            Eu, Miguel de Sousa Campos, quero dar o meu testemunho. Nunca tinha  ouvido  falar sobre as Aparições de Nossa Senhora Mãe da Bondade.

            Acontece que no dia 8 de setembro de 2013, quando eu participava na Santa Missa o sacerdote da minha paróquia fez duas críticas relativas às aparições e às mensagens de Nossa Senhora Mãe da Bondade. Escutei tudo o que o sacerdote dizia, e com  muita atenção, concluindo que o sr. Padre estaria com toda a razão. O tempo foi passando e, de vez em quando o mesmo sacerdote abordava o mesmo assunto, falando contra as Aparições da Mãe da Bondade. Este assunto começou a interessar-me e ao mesmo tempo a incomodar-me. Porque motivo aquele sacerdote estava a falar na igreja contra as Aparições de Nossa senhora Mãe da bondade? Eu ia à missa para ouvir a PALAVRA DE DEUS e não para ouvir aquelas palavras tão pesadas relativamente às Aparições de Nossa Senhora Mãe da Bondade.

            Quando acabou a Missa, fui falar com o sacerdote e perguntei se ele conhecia as Aparições de Nossa Senhora Mãe da Bondade e as respetivas mensagens e ainda se ele já tinha ido ao local das aparições.

            O sacerdote muito simpaticamente disse-me que não tinha ido nunca ao local das aparições e jamais pisaria com os seus pés aquele local. Achei estranho e pensei para mim: Como julgar aquilo que não se conhece? Voltei a pensar comigo: Tudo bem.

            O tempo foi passando e um dia um amigo meu convida-me para ir com ele ao local das aparições de Nossa Senhora Mãe da Bondade, no Corgo da Igreja. Aceitei e fui com ele. Muito honestamente, fiquei encantado com tudo o que vi e resolvi dar o meu testemunho.

            Quero pedir a todos os sacerdotes que não confundam a nossa Fé, e que não julguem o que não conhecem. Deixai de criticar as Aparições de Nossa Senhora Mãe da Bondade no Corgo da Igreja. Ide até ao local das Aparições. Vede com os vossos olhos. Não queirais ver as coisas de Deus apenas com os olhos de alguns fiéis, pois nem sempre os olhos desses fiéis  estarão vendo verdadeiramente  as coisas de Deus. 

Obrigado Mãe da Bondade.

Esta entrada foi publicada em Testemunhos. ligação permanente.